sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Inclua na alimentação a CURCUMINA ou ALÇAFRÃO

A curcumina é uma raiz da família do gengibre, que depois de seca e triturada vira o açafrão, tempero utilizado na culinária. O uso do cúrcuma tanto na alimentação quanto como fitoterápico é documentado na literatura indiana há mais de 2 mil anos


.

Do rizoma da cúrcuma é extraída a curcumina, corante natural com dezenas de benefícios a saúde, inclusive na prevenção e no tratamento do câncer. A utilização da cúrcuma não anula o tratamento quimioterápico. Estudos mostram que a curcumina tem ação no núcleo da célula causando apoptose, ou seja, morte celular.



 A ação da curcumina sobre o câncer é uma das áreas que mais têm recebido atenção dos pesquisadores. Muitos centros de pesquisas no mundo estão buscando a criação de um medicamento a base de curcumina, inclusive no Brasil na Universidade de Goiás. Hospitais como o Sírio Libanês e o Albert Eisten prescrevem curcumina para seus pacientes, principalmente nos casos mais resistentes ao tratamento quimioterápico.







O açafrão pode ser utilizado na culinária no preparo de peixes, aves, arroz, vegetais etc... e também em cápsulas em uma maior concentração. Importante salientar que a curcumina não é tóxica pode ser usada diariamente sem riscos a saúde ou interação com medicamentos. Mas é preciso lembrar que não existe uma solução milagrosa e sim a busca de tratamentos específicos que possibilitam a melhora do quadro clínico.

Como um componente do cúrcuma, pode tratar doenças

 • Câncer 
Estudos do M.D. Anderson Cancer Center, nos EUA, mostraram que a curcumina inibiu proteínas associadas ao desenvolvimento de câncer de cólon, pele (melanoma), próstata e mama 

• Artrite reumatóide 
 A curcumina impediu a inflamação das articulações características da doença, em um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos 

• Mal de Alzheimer
 Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, nos EUA, sugere que a curcumina pode ajudar a eliminar as estruturas associadas ao mal de Alzheimer no cérebro

 • Cirrose hepática 
Cientistas americanos, chineses e finlandeses constataram, em um estudo com ratos, que a curcumina bloqueou a ação de uma proteína ligada à cirrose hepática 

• Fibrose cística 
Uma pesquisa com ratos na Universidade Yale, nos EUA, revelou que a curcumina pode compensar o defeito genético causador da doença, que afeta vias respiratórias, pâncreas e fígado

"Que o teu alimento seja o seu remédio" Hipócrates
   Nutricionista Giselle Barrinuevo

2 comentários:

  1. Muito bom encontrar mais fãs da Curcuma Longa / Curcumina! Nós montamos uma empresa de suplementos totalmente baseada nos benefícios da Curcuma, chama-se Yellow Force: www.yforce.com.br e também um site sobre a Curcuma Longa: www.curcumalonga.com.br Passem por lá para conhecer! Valeu! Alimente sua saúde!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom encontrar mais fãs da Curcuma Longa / Curcumina! Nós montamos uma empresa de suplementos totalmente baseada nos benefícios da Curcuma, chama-se Yellow Force: www.yforce.com.br e também um site sobre a Curcuma Longa: www.curcumalonga.com.br Passem por lá para conhecer! Valeu! Alimente sua saúde!

    ResponderExcluir